Antes de começarmos, algumas notas importantes:

  • Esse post será atualizado a medida em que forem divulgadas informações específicas sobre os shows pelos organizadores e pelas autoridades locais (Prefeitura, CET e SPTrans) – o que só costuma acontecer alguns dias antes do evento. Também será atualizado de acordo com as dúvidas/sugestões que surgirem;
  • Estamos à disposição para receber novas ideias – não tomem nossas sugestões e considerações abaixo como uma “obrigação” do que deve ou não deve ser feito. São apenas tópicos que devem ser vistos como “pontos de partida” para as decisões que ao final serão tomadas por cada um, de acordo com seus interesses e necessidades. Esse manual foi elaborado de acordo com as várias perguntas que recebemos diariamente em todos os nossos meios de comunicação. Procure o tópico que mais lhe interessa;
  • Somos um grupo de fãs tentando ajudar outros fãs a ter a melhor experiência possível – não conseguimos, infelizmente, resolver todos os problemas que aparecem e nem dirimir todas as dúvidas apresentadas, pois não temos nenhum contato privilegiado com as autoridades municipais envolvidas ou mesmo como a organização do evento.

Dito isso… Vamos lá?

A) HOSPEDAGEM

Não estamos recomendando nenhum hotel, já que a necessidade em relação à estrutura de hoteleira e disponibilidade financeira é bem pessoal.

Apenas vale lembrar que os bairros da Zona Sul, região do Centro e da Avenida Paulista e a região de Pinheiros e Avenida Faria Lima costumam ter a maior oferta de meios de transporte público para chegada ao Morumbi, através da combinação de metrô e ônibus.

Acreditamos que estar perto de uma estação de metrô é sempre muito útil e facilita bastante o deslocamento pela cidade. Na hora da escolha de sua hospedagem, vale a pena consultar o “Google Maps” e medir as distâncias – tanto da estação de metrô mais próxima quanto do Morumbi. Lembre-se que o Centro de São Paulo (assim como o de grandes capitais) durante o dia costuma ser bem movimentado, mas à noite, mais inseguro.

B) TRANSPORTE

B.1) Chegada: Se você optar por utilizar o transporte público, não há estação de metrô que seja muito próxima do Morumbi – então será necessário o uso de ônibus. Esse post será atualizado mais próximo da data, se forem criadas linhas especiais de acesso.

Se você estiver de carro, há muitos particulares no entorno do Morumbi que utilizam suas casas e terrenos para estacionamento – mas os preços nem sempre são muito convidativos/acessíveis. Sobre parar na rua, quanto mais próximo do estádio e mais próximo do horário, mais difícil. Além disso, se optar por parar na rua, não descuide da segurança dos pertences deixados no veículo e do próprio veículo. É frequente também a presença dos “flanelinhas”, que costumam até estabelecer um preço pela “vaga”.

Uber e táxi não costumam enfrentar problemas na chegada. Devido ao número de transeuntes, alguns acessos podem ser fechados ou ter seu sentido alterado e talvez você não consiga parar na porta do estádio, mas nada muito complicado. A informação das vias que podem ser alteradas/fechadas será atualizada oportunamente.

B.2) Saída: Lembre-se que há um grande número de pessoas saindo do estádio ao mesmo tempo, então:

Se você optou por usar o carro, tenha paciência. Haverá congestionamento.

Uber: algumas ruas ficam interditadas para saída dos pedestres, por cerca de uma hora e por isso talvez seja necessário andar um pouco para conseguir um ponto de encontro. Em todos os grandes eventos há uma grande procura pelos serviços de aplicativo, então nem sempre é fácil/rápido.

Táxi: além das observações aplicáveis ao Uber (acima), a Prefeitura de São Paulo costuma reservar um espaço próximo ao Morumbi para que possam ser encontrados. Em outros shows (tanto do U2 quanto de outras bandas) houve muita reclamação em torno dos valores cobrados pelos taxistas.

Transporte público: a Prefeitura de São Paulo costuma disponibilizar linhas especiais na saída do estádio, sentido Centro e Avenida Paulista, que é a linha com ponto de partida na Avenida em frente ao estádio, denominada Jorge João Saad, com destino à Praça Ramos de Azevedo (Centro) e que que passa no final da Avenida Paulista. Além disso, nas avenidas próximas ao estádio (especialmente a Avenida Francisco Morato) também há oferta de ônibus. O metrô de SP encerra suas atividades à meia-noite e, considerando o horário estimado para fim do show, talvez não seja possível usá-lo.

Nossa sugestão: usar alguma das linhas de ônibus para deixar a região do estádio com rapidez, baixo custo e relativa segurança. A partir de algum ponto no trajeto, já mais afastado do estádio, fazer uso de uber/táxi/carona para chegar ao seu destino final.

C) BANHEIROS

Fora do Morumbi são colocados banheiros químicos. Alguns particulares do entorno do estádio disponibilizam sanitários (alguns inclusive para banho), mas estes mediante um custo. Dentro no Morumbi, todos os setores possuem acesso a banheiros.

Para quem estará na pista, normalmente quanto mais próximo seu lugar do palco, mais difícil é que consiga ir ao banheiro e retornar ao mesmo local. Lembre-se que trata-se de um setor “em pé”, sendo difícil “guardar lugar”.

D) COMIDA

Fora do Morumbi não há muitas opções de alimentação próximas. Embora o Shopping Morumbi tenha o mesmo nome, fica distante cerca de 5 km do estádio.

Haverá uma infinidade de ambulantes vendendo uma variedade de coisas. Apenas verifique questões de procedência, higiene e validade antes de consumir alguma coisa. Dentro do Morumbi também é possível comprar alimentos e bebidas.

E) O QUE PODE ENTRAR NO ESTÁDIO

Máquinas profissionais, filmadoras e acessórios como “pau de selfie” e estabilizadores da GoPro, certamente não entram. Nada de coisas cortantes. Algumas coisas pontiagudas não são permitidas (por exemplo, alguns acessórios femininos para cabelo, alguns tipos de fivelas de cintos, faixas que tenham mastro etc.).

Nada de vidro. Não será permitida a entrada de guarda-chuva ou sombrinha. Observamos que em alguns shows do Morumbi não foi permitida a entrada de capacetes e de bandeiras. Também não podem perfumes, desodorantes e filtro solar. Não costuma ser permitida a entrada de líquidos – mesmo água em garrafas plásticas ou refrigerantes em lata.

No mais, o óbvio: nada ilícitos! Entorpecentes, armas brancas ou de fogo, substâncias tóxicas e inflamáveis e fogos de artifício.

Lembre-se que tudo que é retido pela segurança é descartado (você não será restituído no final do show).

A propósito, vale o bom senso: seja nas arquibancadas, cadeiras ou na pista, você estará em um local com muitas pessoas e sem muito espaço para deixar suas coisas. Em algum momento você estará de cansado de segurar e talvez suas coisas acabem te atrapalhando ou atrapalhando quem está próximo. Então, cuidado com o tamanho e o peso de suas bolsas, sacolas e mochilas.

Outra coisa: lembrem-se que é feita uma revista para entrada no estádio. Quanto mais coisa guardada, mais tempo você perde na revista. Isso atrasa a sua entrada e a de quem está atrás. Sendo assim, menos é mais.

Se for entrar com comida, reserve pacotes fechados de alimentos industrializados para entrar – isso facilita bastante a revista que será feita e uma embalagem lacrada dificilmente cria problemas. Sugerimos entrar com coisas pequenas, como barrinhas de cereal ou chocolates, pequenos pacotes de biscoito/bolacha e salgadinhos. Algumas frutas não costumam ser permitidas, sugerimos não arriscar.

Para suas coisas mais valiosas (dinheiro, cartões, documentos de identidade, celulares, chaves etc) sugerimos usar pochetes, “doleiras” ou qualquer tipo de case que possa ficar mais próximo ao corpo.

No mais, particulares ao redor do Morumbi costumam montar estruturas de guarda-volumes que podem ser utilizadas para deixar os pertences.

F) ROUPA

Quanto mais confortável, melhor. E que seja algo que você não se importe de sujar eventualmente. Mais próximo da data do seu show, verifique a previsão do tempo: veja se realmente será necessário levar agasalho ou capa de chuva. Não recomendamos o uso de saltos e nem de chinelos de dedo.

G) PRESENÇA DE CRIANÇAS

O show possui uma idade para censura. Abaixo desta idade, normalmente só é permitida a presença de crianças acompanhadas de seus pais ou representantes legais, devendo ambos fazer prova do parentesco através de suas identidades e termos de tutela/curatela, se for o caso.

Recomendamos entrar em contato com a organização do evento com antecedência a fim de se certificar se não serão exigidos outros documentos.

Por fim, vale o bom senso: o show é um lugar barulhento, com aglomeração de pessoas. Crianças muito pequenas podem se sentir severamente incomodadas com o ambiente.

H) MEIA ENTRADA

O regulamento da meia-entrada está disponível no site da Tickets For Fun. Sugerimos consultá-lo, lá estão todas as ressalvas do que é válido ou não como documento. Não temos informações sobre como será realizado o controle.

I) RELAXE E APROVEITE!

Priorize pedir informações a pessoas da organização do evento (que estarão identificadas) ou a policiais, para sua própria segurança. No final do show, se puder, aguarde uns minutos antes de sair. Meia hora faz muita diferença no fluxo de pessoas.

Se estiver com uma turma, vale a pena marcar um ponto de encontro – às vezes a rede de celular não funciona muito bem, a bateria descarrega, o barulho não permite ouvir direito… Não custa nada deixar algo previamente marcado.

Já falamos, não custa repetir: há um grande número de pessoas circulando antes, durante e depois do show. Acidentes acontecem: vão pisar no seu pé, esbarrar em você, derramar algo que suje sua roupa. Não brigue, seja tolerante!

E lembre-se que muitas pessoas não tem o hábito de ir a grandes eventos – para muitos, essa será a primeira vez. Então, é normal que as pessoas estejam confusas. Seja paciente.

E vale a regra geral de convivência: gentileza gera gentileza. Todos estão ali para se divertir, ter uma noite inesquecível, realizar sonhos. Então, seja cortês e pratique a empatia e a solidariedade. Seremos ONE durante quatro noites inéditas.